COMBATE À DENGUE: CONSCIENTIZAÇÃO NAS ESCOLAS

Compartilhar

Os esforços da Prefeitura de Caconde no sentido de combater a epidemia de dengue também acontecem nas escolas. A Diretoria de Saúde em parceria com a Diretoria de Educação está promovendo um trabalho de conscientização com as crianças da rede municipal de ensino. As escolas estão recebendo uma equipe da Diretoria de Saúde, que levou panfletos e informações sobre como evitar a proliferação do mosquito.

 

Segundo a agente Rivelino Nascimento, a criança é uma forte propagadora de ideias. "O que elas ouvem na escola, elas chegam em casa e comentam com os pais, comentam com vizinhos, enfim. E o que queremos é fazer com que elas adquiram hábitos e atitudes que colaborem para acabar com o mosquito e com a dengue" - defende o agente.

 

O foco é o combate ao mosquito Aedes Aegypti, o transmissor de doenças como dengue, febre Chikungunya e Zica vírus.

 

A Prefeitura tem tomado diversas providências no combate ao mosquito “aedes aegypti”, partindo de integração de diversos setores da administração: saúde, agricultura, obras e serviços, jurídico, fiscalização, imprensa, educação e a administração de Barrânia, a saber:

 

  • Reuniões semanais entre os órgãos envolvidos discutindo estratégia, orientação, fiscalização, resolução, controle e até aplicação de multas;
  • Serviços contínuos de limpeza, roçada e retirada de entulhos das ruas, praças, avenidas e terrenos públicos e particulares;
  • Mutirões para a retirada de bens inservíveis em todos os bairros (em parceria com a EPTV/Globo);
  •  Visitas diárias a domicílios com orientação e fiscalização em Caconde e Barrânia;
  • Campanhas publicitárias em jornais, redes sociais, rádio, TV e através de panfletagem;
  • Com a volta das aulas campanhas em escolas públicas e privadas;
  • Parceria com entidades e igrejas para orientação e divulgação;
  • Realização de termo nebulização na cidade e no distrito de Barrânia;
  • Controle e orientação a todas as gestantes que frequentam a Casa da Mulher, inclusive com distribuição de repelentes apropriados. O município foi um dos pioneiros nessa iniciativa;
  • Em caso de suspeita em alguns pacientes, o teste é realizado no próprio Centro de Saúde, agilizando o diagnóstico. Dentre os municípios de pequeno porte, somos um dos primeiros a tomar esta providência (com recursos próprios);
  • Participação em todas as reuniões, palestras, seminários e discussões sobre o tema junto aos órgãos de governo.  

 

A Prefeitura assinou convênio com o Governo do Estado para intensificação dos trabalhos dos agentes, com trabalho extraordinário nos finais de semana. Logo na primeira semana de março os novos mutirões serão iniciados.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar